sexta-feira, 5 de junho de 2009

Universidade é inútil para as mulheres.

O Direito à liberdade de expressão foi uma grande conquista para a sociedade e principalmente para as mulheres, que ficaram durante muito tempo subjugadas às vontades, costumes e preceitos machistas.

O espaço hoje conquistado por elas, foi fruto das reivindicações do movimento feminista que surgiu na Europa, durante o século XVIII. O Feminismo é entendido por uns, como uma ideologia cujo objetivo é a igualdade entre os sexos, porém outros estudiosos o consideram como um conjunto de idéias que visam apenas defender os interesses e os direitos das mulheres na sociedade. Independentemente das suas variadas formas, o feminismo, como o próprio nome já diz, tem a mulher como foco central de suas lutas.

Se hoje, nós mulheres, temos o direito ao voto, à leis para gestantes, delegacias específicas, maior participação no mercado de trabalho e na política, remuneração igualitária para os sexos, controle do próprio corpo, divórcio legalizado e a liberdade de pensamento, devemos reconhecer o grande feito deste movimento que já dura três séculos. Também não podemos nos esquecer de que a luta ainda continua. Infelizmente, ainda há mulheres subjugadas por questões religiosas, a violência doméstica não teve seu fim e o preconceito entre ambos os sexos se encontra presente.

Em pleno século XXI, quando dizemos que somos uma "sociedade moderna", ainda encontramos grupos conservadores que criticam as mudanças trazidas pelo feminismo. Muitos consideram que o movimento pôs fim à família tradicional e patriarcal, com a mudança do papel da mulher na sociedade. Segundo eles, não há meios de ela ser mãe, mulher e trabalhadora ao mesmo tempo, sendo a família mais prejudicada. Outros, condenam a vulgarização e banalização das relações homem-mulher com a perda dos valores morais. Um ponto muito combatido pelas feministas que anseiam pela igualdade sexual.

Um exemplo da existência desses pensamentos retrógados, é o texto da estudante Patricia Witers. Essa garotinha, a qual não encontrei sua idade e origem, publicou no jornal de sua escola, um texto defendendo a idéia de que apenas os homens deveriam cursar o ensino superior.


Clique na imagem para ampliar.


Usufruindo do meu direito à livre expressão, quero explicitar aqui a minha profunda indignação e revolta com o texto acima.
Não concordo com nenhuma linha do que esta garota escreveu. Agora que estamos caminhando para uma sociedade que valoriza a mulher e o seu intelecto, eu vou me resignar e passar a "fazer as unhas e ir ao shopping"?
Nunca li tanta asneira em um só texto. A nós mulheres, só nos resta futilidades, os homens que cuidem do que realmente interessa. Faça-me o favor, querida!
Eu posso muito bem ter uma família, fazer as unhas e ir às compras sem que me torne uma topeira submissa e pare de estudar e trabalhar. Afinal, agora é a época da multi-mulher e porque não também, do multi-homem?

Ah, se eu visse a Patrícia na rua...



19 comentários:

P. disse...

Eu garanto que nenhuma garota irá se casar com um cara pobre porque todas as garotas querem uma vida de princesa. Quando seu marido chegar em casa do trabalho você poderá sair para comer com todo o dinheiro que ele ganha e também pagar as contas.
Peraí, peraí. Então eu devo abandonar tudo para esperar meu afortunado marido muito bem maquiada e penteada - com seu dinheiro -, dentro daquele vestido que só seu cartão sem limite pôde comprar para irmos jantar e dar fim ao resto do dinheiro dele?
Nada disso. Não só porque não quero ser sustentada por outros mas também porque ninguém merece trabalhar para sustentar alguém que só não se sustenta por que não quer. Já ouvi meu pai mesmo falando que faria de tudo para que eu e minha irmã tivéssemos uma boa formação (na área que quiséssemos) e tivéssemos também mais oportunidades de encontrar um bom emprego e ter autosuficiência de consumo, sem depender de marido para tudo. Aí vem esse projeto de mulher e vomita um absurdo desse. Não é duvidando de você não, mas é TANTA merda junta que suspeito que na verdade um machista tenha escrito essa baboseira toda e anexado a foto da garota, apenas para tirar o dos homens da reta mas ser machista da mesma forma. Enfim, péssimo demais isso. Também não concordo com uma vírgula de nada.

Anônimo disse...

O ser humano e profissional se distingue do outro através de suas capacidades profissionais e conhecimentos, tb me coloco contra o texto, pois avalio a Universidade como um meio de aprendermos coisas novas e adquirirmos a teoria de nossas futuras profissões, esta moça está equivocada.

BLOGdoRUBINHO
www.blogdorubinho.cjb.net

Calu disse...

Chega de machismo!

www.alternativa-vida.blogspot.com

P. disse...

Ah, eu imagino. O machismo em si me inconforma demais, principalmente supostamente vindo de uma mulher. Não é um "simples"(?) pré-conceito, mas também uma afirmação - muito equivocada - da incapacidade de alguém. Deprimente que os séculos passem e comportamentos arcaicos como esse predominem.

Jenny disse...

Chocante, é inacreditável o fato de que ainda tem mulheres que pensam assim, e não são poucas. Tantas mulheres notáveis aparecendo todos os dias lutando por nossos interesses e tipos como esses se submetendo a escolher por uma vida medíocre como a que esse "ser" aí defende. :/

Michele disse...

Eu fiquei bege com essa menina...BEGE oO

Onde ela vive? Com certeza essa é a vida da mãe dela e foi criada assim..ou sei lá é uma patricinha fútil...

Eu particularmente, trabalho, estou fazendo pós-graduação, faço as minhas unhas, vou ao shopping, namoro...faço tudoooo e sou mega feliz...ahhh e meu marido não é rico não...estamos crescendo juntos!


massssss......cada um com seu cada um =/

bjoo

Bruno disse...

Topo, basta linkar-me. Depois volto com tempo pra comentar.

Bruno disse...

É um dos movimentos que mais admiro.
Acho que essa vadiazinha devia enfiar toda a tiragem do jornal no cu e calar a boca. Fiquei tão puto que tive que ser ignorante, desculpe.

Amei seu comentário no meu blog. Amo pessoas inteligentes, que comentam e questionam, e entendem.
Abração!

O Frango... ® disse...

Eu concordo inteiramente com o que a menina disse. Acho um absurdo mulher ir para a universidade e estudar para se tornar uma pessoa melhor. Afinal, só os homens que têm esse direito. É ou não é? Mulher foi feita para ficar dentro de casa e cuidar dos filhos. Não há profissão mais nobre que dona de casa. Pra que trabalhar fora se sua própria casa é o melhor lugar de trabalho. É por essas e por outras que eu aprovo a Patrícia. Mulheres, cuidem de suas futilidades e deixem as preocupações com os homens.

[oi? Ironia? É bom a senhora passar por aqui...]

dona bruna! disse...

Afeee queima essa menina.
Acredito que ela deva ser de uma família muito machista e esse pensamento acabou se tornando natural para ela.... ou as vezes essa é a realidade que ela vê na casa dela.
Eu já ouvi falar que existem mulheres machistas, e acredito que essa menina seja machista...
Sou totalmente contra a esse artigo tosco.
Eu quando era criança nunca fui iludida com casamento, ainda mais por meus pais serem divorciados... eu era até desacreditada em amor e em "príncipe encantado" só agora estou percebendo essas coisas porque comecei a namorar, mas meu namorado não é rico ¬¬
E eu estou fazendo faculdade e ainda de um curso tipicamente masculino, que é economia... e nem por isso estou me matando...
Tenho muito orgulho de tudo o que faço e de tudo o que as mulheres conquistaram e vêm conquistando até hoje.

Joga essa menina na valeta \o/

[ rod ] disse...

Opinião e ignorância existem para serem contrariadas.

Sempre!!!

Bjs moça,






Novo dogMa:
históRias...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Alexandre Silva disse...

Vc sabe que eu nunca generalizo as coisas. Sempre que eu falo eu considero as exceções, sejam elas 90% ou 1%... então não me bloqueie, não xingue a minha mãe nem me excomungue perante os sacerdotes.

O que muitas mulheres querem (INCONSCIENTEMENTE) é isso mesmo! A menina só foi extremamente sincera em exteriorizar... Antes que me queimem, é o mesmo papo de que "mulher não gosta de homem cafajeste". Inconscientemente TODAS, gostam é do homem cafajeste. É só estudar um cadim de psicologia e entender o porque. Inconscientemente, é o pensamento que não controlamos. Bom, já saí um pouco do assunto e vai levar um post pra explicar...

Voltando, vc acha que não existe muitas mulheres que mesmo que preguem a independência, o objetivo da vida delas é casar com um cara rico e viver de brisa? (leia-se, a grana do otár...ops, marido). Pelo amor de Deus, NÃO ESTOU GENERALIZANDO NEM APONTANDO NINGUÉM!!! É apenas opinião e observação... Não me queimem porqeu eu NÃO CONCORDO COM A MENINA!

Agora, idiota é o cara que sustenta uma mulher assim... eu não gostaria de conviver com uma mulher assim... uma mulher que não trabalha, não estuda e não tem vida fora do relacionamento deve ser um porre homérico... assim como ela deve ser ou virá a ser...

http://falandoprasparedes.blogspot.com

PS: Devolvi o comentário exacerbado ^^

Marcos Pinheiro disse...

Caramba, Nat, que post instigante, e que levantou questionamentos e opniões muito pertinentes. Parabéns, muié! Já é uma óitma defensora do caso. [risos]

.:.

Agora... É claro que toda mulher quer se casar com um cara bem sucedido e tal [todas querem], mas ser sustentado por ele já é outra história, né?

Tadinha da Patrícia se tu encontra ela na rua. Achei hilário o final do texto, apesar do teor sério do texto.

PCN disse...

Nossa cara, essa foi boa. Prefiro encarar essa "matéria" como piada, sério.

Sabe, ela quer ser princesinha o resto da vida... Quero ver se ela não achar alguém que atinja sua expectativas de fortuna.

Mulheres devem trabalhar sim. Elas possuem potencial para isso, as mulheres andam superando os homens nas mais diversas áreas. Aliás, se ela acha que é para as mulheres ficarem apenas na vidinha de shopping e felicidade, o que ela anda fazendo na escola? Para viver assim não é preciso estudar.

Belo texto, curti muito... E agora quero procurar essa moça, apenas pela curiosidade...

~.~Dany~.~ disse...

Saber que em pleno Seculo XXI ainda existem mulheres, ou garotas, que pensam dessa forma é revoltante!
As mulheres, durante a história da humanidade lutaram tanto para ter direitos igualitários e agora que temos esses direitos, tem gente pensando que não os que.
Para mim, dizer que nós, mulheres não devemos cursar o ensino superior é recusar tudo o que já foi conquistado.


P.S.Adorei seu blog!
Visitarei sempre!
Bjos

Fabricio bezerra da guia disse...

Retribuindo a visita
____________________________________________


sabe ,eu acho que as mulheres sónão conquistam mais coisas por que não querem.


dizem que as mulheres só não tem mais posição de liderança,por que mulheres se recusam a se subordinar a outras


tambem com tantas mulheres put...fruta e ou vulgares eu acho que a mulher já conseguiu o direito de ser o que era a séculos atrás,simples objetos dos homens,mas dessa vez po escolha propria

KaKa Fuinha disse...

nota para a ironia do caso:
se ela acha que uma mulher deve ser submissa e não deve fazer universidade... pq cazzo essa vaca se julga "reporter"? ela num devia ter feito uma facul para isso?!?!
eeeee se ela eh submissa e pseudo-dona-de-casa pq porra ela tah trabalhando num jornal e sendo publicada

eu só num vou tecer um comentario sobre gente conservadora pq nrm adianta nada.. acredite se quiser, ainda tem gente por ai que acha que a idade media num devia ter acabado

=/

falo nada viu...

P. disse...

Não posso deixar de dizer que o novo layout ficou lindo! rs

Alexandre Silva disse...

Me senti no Hawaii com esse lêiáuti novo ^^