sexta-feira, 10 de julho de 2009

A influência dos pensamentos

Pensamentos negativos atraem coisas negativas.

Frase mais velha do que a Dercy quando morreu. Não sou de depositar créditos nas frases populares, mas não posso deixar de falar que às vezes elas funcionam na prática. Até porque, se não funcionassem ao menos uma vez, como iriam ganhar tamanha fama? Pois bem, ontem eu presenciei a realização da frase acima e pude dar um voto de confiança ás sabedorias de Vovó.

Estava eu, sentada no ônibus (sim, mais uma história nesse ambiente agradável) próximo a roleta, quando três pessoas entram no veículo. Eram uma mulher, uma criança e um homem. Logo percebi que eles estavam juntos. A mulher passou a roleta, em seguida veio o que supus ser seu filho. O homem ficou para trás, pois estava segurando uma caixa enorme e teve mais dificuldade para se locomover. Quando ele finalmente vai passar na roleta, grita(sim, no meu ônibus é comum as pessoas gritarem) para a que eu também inferi, sua mulher:

- Ou, cê pagou sua passagi e a do muleque?
- Eu não! - a mulher responde em voz alta.
- Toma no cu, viu. Que carai, sô, cê tá folgada dimai aê.

A minha primeira reação foi esta:


What? Eu escutei isso mesmo? Um marido dizendo essas atrocidades para sua esposa? Foi isso mesmo? Sim, meus caros. Eu não sei nos seus, mas no meu mundo isso não é normal. Eu esperando que a mulher fizesse um barraco, gritasse e metesse a mão na fuça daquele boçal e... nada. Ela só mandou ele pagar a passagem sem reclamar. Hunf, juro que eu quis colocar meu pé na frente pra ele cair, juro.

Continuando o episódio, este ser sentou atrás de mim e eu tive de seguir a viagem escutando suas belas palavras: "Que porra sô"; "Eu já falei 'praquele' fidaputa me pagar, e nada daquela disgrama aparecer"; "Carai de vida,viu", etc, etc e etc.

Enfim, ele ficou o tempo inteiro proferindo palavrões e reclamando da sua desgraça, e claro, chingando sua amada esposa. Finalmente chega seu ponto de descida, ele pega a imensa caixa com seu jeitinho revoltado, totalmente estabanado e nervoso, resultado: a caixa cai na rua e eu só escuto um CREC. Não sei o contéudo daquela caixa, mas pelo barulho era de vidro e tinha virado pedacinhos o que antes estava ali. O sujeito, educado que só ele, pra fechar com chave de ouro, chuta a caixa ao som de "Porra, só faltava essa desgraça quebrar", POF e dá-lhe chutes nos caquinhos.



Confesso, eu ri, mas eu ri muito e pior, ri sozinha. Ah! Cara mais estúpido, merecia alguma liçãozinha (tá, eu duvido que isso tenha sido lição pra ele,mas enfim...).

Moral da história:
Reclamou, chingou, se estressou e se fudeu.
Bem feito.

Good vibrations, pratique. Por via das dúvidas, é o melhor caminho.

14 comentários:

PCN disse...

O mundo anda lotados de pessoas como ele... Na sua situação eu riria também!
Porém acho que o negócio ter quebrado só deu novos motivos para ele continuar a xingar e falar palavrões!

P. disse...

Sabe o que é pior? Que ela ouviu o desaforo porque, além de andar com um traste desse calibre, não se opõe aos maus tratos, o que ficou nítido. Se eu tivesse presenciado a cena, ficaria boquiaberta feito o carinha da foto. Mas quer saber? Reclamou, chingou, se estressou e se fudeu. Bem feito. [2] (aliás, ri desse final)

Abraços!

melke disse...

Ei Natália, tudo bom?
Vou colocar o seu link no meu blog sim, e já vi o meu ali do lado.
Quanto ao texto, nunca dei crédito a essas "crendices", mas bem que o cara mereceu. rs
O ônibus é, sem a menor dúvida, um grande palco para grandes histórias. Coitados dos que andam de carro... perdem metade da graça da vida. (despeito!?)
Um Abraço.

Alexandre Silva disse...

hauhauahua... eu ri! Pô, mas a mulher é mó folgada msm, o cara segurando uma caixa de todo tamanho e ela ainda obriga o cara a pagar as 3 passagens?? kkkkkkk, sacanagem... cadê os direitos iguais??

E eu concordo com o amigo aqui de cima: "Quem anda de carro perde metade das graças da vida".

bjo

Laís disse...

hahahahahah é né pois é, por isso devemos ter sempre pensamentos positivos! ;]

Marcos Pinheiro disse...

Tô gostando de ver, viu? Voltando a escrever com uma frequência maior, deixando seus leitores felizes...

.:.

Caramba, Nat! Sabe que seus textos são sempre aconchegantes, né? São tão bons que só de ler a primeira linha você já fica doido pra saber o resto e não quer sair daqui sem antes saber o final. Realmente viciantes.

Esse de hoje me lembrou muito o primeiro texto que li aqui, aquele que você falava do "encalhamento" e do quadro "Vai dar Namoro" do programa "Melhor do Brasil", saca? As mesminhas sensações. Adorei!

.:.

Bem, crendice ou não, é sempre melhor pensar positivo do que achar que tudo vai ser uma bosta. Pensar positivo, na maioria das vezes, sempre atrairá energias boas.

Rodrigo Selback disse...

Pensamento é a base de tudo
Quanto mais positivo melhor será

Marcelo A. disse...

Good vibrations sempre!

Caraca, seu texto é maravilhoso! Retribuindo a visitinha lá no blog, encontrei uma grande surpresa!

Também tô te seguindo, falou?

Abração, querida!

Ronaldo disse...

Pois é, nem tudo é como queremos, e as vezes acontece dessas coisas mesmo.

passei apra desejar uma linda semana

bjssssss

KathY CatherYne disse...

Pois é, o que tem de gnt assim... E, repare, todas as pessoas que vivem assim de mal com a vida, estão de fato mal da vida! Tenho um colega de trabalho assim, só reclama, xinga... E adivinha só? Acontece todo tipo de "disgraça" na vida dele, que não vale a pena ficar passando aqui, afinal, Good Vibrations por favor!

Reclamou, chingou, se estressou e se fudeu.
Bem feito. [3]

*vlw pela visita e coment lá no blog! BjoxXD!

Glayce Santos disse...

Meu, seu blog é uma delícia! agora são 11 óvulos fecundados! Muito criativo.
Então, vc ouviu isso mesmo; minha nossa, assusta, mas nem é dificil achar homem GROSSO. Tem em tudo qt é buraco.
Segui, linkei e beijos!

O Frango... ® disse...

Coitado do cara, só porque ele foi estúpido com a mulher não merecia que as coisas de vidro quebrassem...

Merecia era quebrar a perna =P

KaKa Fuinha disse...

vc num riu sozinha

euri

xD

Aquela garota dos piercings e tatuagens.. disse...

Oi :D
desculpa a demora mas vim responder seu comentário! Quando eu me referi á música, eu só mencionei que eles eram ruins, comparado a outros do mesmo estilo "ficam no chinelo". E amiga, se você estivesse lá, concordaria. Nem posso meter o bedelho em gostos musicais pq passo de post hc até mpb, mas sabe né, ouvido não é pinico. HAHAHA

Qunto ao post! Você pega o t-29? Meu ônibus também tem esses episódios, por isso sou a favor do mp3 e a soneca até o meu destino.
AHHH e a falta de respeito com a mulher? Venhamos e co-venhamos, respeito só se dá a que merece e que exige >.<

beijoos!